10 Eventos Culturais e Artísticos Obrigatórios em Lisboa em 2016

Feira_do_Livro_de_Lisboa_(PARQUE_EDUARDO_VII)

Lisboa é uma cidade vibrante, preenchida por arte e cultura. Conheça alguns dos mais relevantes eventos artísticos e culturais que estão a decorrer (ou que já decorreram) na cidade, ao longo de 2016:

  • “Lusco-Fusco”: exibições de cinema no Polo Cultural Gaivotas – Boavista.
  • “Livro do Desassossego: desenhos de Sílvia Hestnes Ferreira.” Exposição patente na Biblioteca Nacional.
  • “Inquéritos ao Território: Paisagem e Povoamento”. Exposição etnográfica, arquitetónica e geográfica, no Museu Nacional de Etnologia.
  • “Decorativo, apenas? Júlio Pomar e a Integração das Artes”. Mostra de azulejos, tapeçarias e peças em cerâmica e vidro, desenvolvidas na Marinha Grande, Caldas da Rainha e Bombarral. Pode ser visitada no atelier-museu Júlio Pomar.
  • Michael Biberstein, “Estudos para um Céu”.Feira_do_Livro_de_Lisboa_(PARQUE_EDUARDO_VII)

Foi inaugurada, em julho de 2016, uma obra comovente. Falecido em 2013, Michael Biberstein deixou incompleto um trabalho de pintura do teto da igreja de Santa Isabel, que foi completado através do trabalho de uma comissão de artistas. A par da inauguração da igreja, a Fundação Arpad Szenes – Vieira da Silva abriu uma exposição sobre o trabalho desenvolvido por Biberstein.

  • “Representações e Simbolismos de Poder nas Cortes de Java”. Exposição etnográfica no Museu da Marioneta.
  • “Vista de Lisboa do Castelo de Weilburg.” Uma emblemática e desconhecida pintura do século XVII, representando a Lisboa de então. Aberta ao público no Museu de Lisboa – Palácio Pimenta.
  • “Less Than Objects”. Arte abstrata, por Pedro Matos, na Galeria Presença.
  • “Uma história de duas cidades – Lisboa e Edimburgo.” Resultado da parceria entre o Museu de Lisboa, a Nomad Exibitions e a Historic Environment Scotland, a exposição traça um paralelo entre as capitais portuguesa e escocesa, mostrando traços de similaridade ao longo da História.
  • “O Enigma – Arte Portuguesa na Coleção Berardo.” Uma coletânea de trabalhos de vários artistas portugueses, da Coleção Berardo, sobre o enigma que a própria arte constitui para si própria. Como não podia deixar de ser, é exibida pelo Museu Coleção Berardo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *